top of page

Agrônoma de laboratório?

Primeiramente, gostaria de me apresentar!

Foto da autora Ana Makowich

Me chamo Ana Makowich, sou graduanda do oitavo período do curso de Agronomia pela Universidade Federal de Goiás e costumo dizer que sou uma aspirante a pesquisadora e agrônoma. Minha "paixão platônica" por Entomologia surgiu no meu segundo semestre de faculdade, mas só se tornou real no ano seguinte. Durante as aulas de Manejo Integrado de Pragas, lecionadas pela Professora Cecilia Czepak, me senti completamente instigada ao me deparar com inúmeros artrópodes-pragas em tantas culturas, tantos nomes científicos, diferentes tipos de biologia e danos. Não posso deixar de ressaltar a importância da Prof. Dra. Cecilia Czepak em minha vida acadêmica, pois graças a ela e a Prof. Dra. Karina Albernaz Godinho, tive a oportunidade de ingressar no Laboratório de Manejo Integrado de Pragas (LabMIP).


Análise de experimento em laboratório


Normalmente, espera-se que um agrônomo viva só no campo, de botinas e boné. Por muito tempo essa foi a única imagem de referência que possuía sobre minha área, até descobrir o mundo de infinitas possibilidades que existem nos laboratórios de pesquisa. O LabMIP atua em duas frentes, que se complementam. A partir da observação e dos relatos da equipe de campo, que trabalham desenvolvendo programas de MIP focando no uso de agentes de controle biológico, a equipe de laboratório se engaja para auxiliar neste processo, como por exemplo, checando a suscetibilidade das lagartas da área em questão. Para propor amostragens no MIP, são necessários ensaios de biologia, exemplificando uma das atividades feitas em laboratório.



A equipe do laboratório executa desde o trabalho de criação, no qual manipula fases jovens até a fase adulta de mariposas, ácaros, pulgões e coleópteros de relevância agrícola, como também realiza bioensaios de eficiência, resistência e seletividade de produtos fitossanitários em geral. Além da realização desses trabalhos, que são orientados pela Prof. Dra. Karina Albernaz Godinho, em 2018 nossa equipe foi premiada ao receber mais uma integrante para o LabMIP, a Dra. Karin Collier, que atua na área de Acarologia e Controle Biológico, trazendo consigo ácaros pragas e predadores (segue abaixo um pequeno vídeo mostrando a rapidez desses predadores!). Acredito que boa parte do meu interesse pelo mundo dos ácaros e insetos se deu pelas incríveis orientadoras que encontrei durante a Universidade, que sempre souberam me estimular e me guiar dentro da Entomologia Agrícola.



Já sou estagiária no LabMIP há alguns anos e pretendo continuar na área depois de formada. Ao longo desse tempo aprendi lições muito valiosas, não só sobre insetos. Através da obra “Cartas a um Jovem Cientista”, do nomeado entomologista Edward O. Wilson, li uma frase muito impactante que dizia que durante a busca por descobertas científicas, cada problema é uma oportunidade e quanto mais difícil o problema, maior a importância de sua solução. Meu estágio extracurricular no lab me mostrou que problemas nos fazem mais criativos, mas que suas soluções exigem muita disciplina e estudo.


Liberação de ácaros em tomateiros

Contando com uma equipe de mais de 15 estagiários (sem incluir professores e a pós graduação), pude desenvolver inúmeras habilidades sociais dentro do laboratório, que são indispensáveis em qualquer área de atuação. Ser selecionada para realizar um determinado projeto, adquirir responsabilidades em relação aos dados, apresentar uma postura ética quanto aos resultados obtidos, são apenas alguns dos vários aprendizados que o laboratório me proporcionou. Por outro lado, aprender a assumir erros, a pedir ajuda quando surgirem dúvidas e principalmente, aprender a ter resiliência durante a execução de um experimento que não vai tão bem foram mais alguns destes ensinamentos essenciais. É completamente inspirador estar cercada por pesquisa e ciência, ser diariamente estimulada a buscar novas alternativas, superar entraves e rever conceitos e acredito que todas essas minhas vivências "in vitro" agregaram imensuravelmente no desenvolvimento da minha carreira como agrônoma.


Espero que minhas palavras inspirem outras acadêmicas e acadêmicos, não apenas da Agronomia, mas todos que estiverem lendo! Mantenham-se curiosos!


E-mail para contato: ana.agroufg@gmail.com


210 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

3 Comments


Obrigada por nos contar um pouquinho do que você faz e parabéns pela mensagem que passou. Que seu relato inspire outros jovens que estão começando agora e que você tenha muito sucesso na sua vida profissional

Like

Este texto é muito inspirador. Até me fez ficar com vontade de cursar agronomia rs. Parabéns pela sua dedicação, Ana. E muito obrigado por compartilhar conosco um pouco da sua paixão pela ciência e pela entomologia. Um abração e muito sucesso na sua carreira.

Like

Karen Dias
Karen Dias
Jun 16, 2020

Excelente texto! Obrigada, Ana 👏🏻👏🏻

Like
bottom of page